Em decorrência do ano eleitoral de 2024, bem como a Lei Federal nº 9.504/1997, que estabelece normas gerais para eleições e determina as condutas vedadas aos agentes públicos, configurando algumas condutas como abuso de poder, bem como a infringência ao art. 37, §1º da Constituição Federal, as notícias deste site estão desabilitadas até o fim do período eleitoral.

ESPAÇO SECULAR: Batista Campos é devolvida aos belenenses toda revitalizada

Mais um patrimônio histórico todo revitalizado foi entregue, recentemente, à população de Belém: a praça Batista Campos, que tem 120 anos de existência, no bairro com o mesmo nome. Após passar por obras de reforma e manutenção, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Urbanismo (Seurb), entregou o espaço no último sábado, 29.

À noite, dezenas de moradores e visitantes da praça prestigiaram a entrega do lugar feita pelo prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues. Estiveram também presentes o secretário de Urbanismo de Belém, Lélio Costa, políticos e gestores da Prefeitura, além de representantes da cultura popular.

“É uma satisfação a gente estar aqui com nosso grupo, ver que a Prefeitura está reinaugurando vários espaços na cidade e que a praça Batista Campos é um deles. Para nós, é muito bom estar aqui fazendo parte deste momento histórico de revitalização”, afirma Laurene Ataíde, guardiã do Cordão de Pássaro Colibri, de Outeiro, antigo Beija-Flor, de Icoaraci, que tem 53 anos de existência.

“Queremos agradecer ao prefeito pela ‘belezura’ que ficou nossa praça. Somos 23 barraqueiros que trabalham e sobrevivem das vendas aqui. Prometemos também conservar, limpar e arrumar a nossa praça, porque é também importante cuidarmos do espaço”, afirma Marta Nascimento, representante da Associação dos Vendedores de Água de Coco da Batista Campos.

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, frisou que a Batista Campos é uma das mais belas praças históricas de Belém, com 26 mil metros quadrados. E ressaltou a segurança garantida no lugar, inclusive com a reforma do quiosque da Guarda Municipal, que fica dentro da praça.

“Essa praça é secular e ganhou esse nome em 1897 pelo intendente Antônio Lemos. Além da beleza da praça e da reforma de um equipamento público, também nos preocupamos com a segurança, temos câmeras de monitoramento 24 horas, posto da Guarda Municipal e rondas durante 24 horas. Esses equipamentos públicos gratuitos são importantes para a população. Ter lugares de lazer para as crianças e jovens gastarem energia. Esse é um investimento na qualidade de vida da população”, explica Edmilson.

O secretário de Urbanismo de Belém, Lélio Costa, destacou que os serviços para deixar a praça tão bela foram fruto de um esforço conjunto do time do governo.

“Queremos agradecer a presença de todos, do nosso prefeito, e todos nossos secretários e secretárias, porque hoje esta praça está assim porque envolveu o time de governo comandado pelo prefeito Edmilson Rodrigues, que empreendeu esforços em diversas áreas para que tivéssemos agora uma nova praça Batista Campos. Temos Lula e Edmilson juntos que estão lutando e reconstruindo Belém. Esta praça é um símbolo dessa reconstrução”, ressalta Lélio Costa.

SEGURANÇA – Para a vendedora Elma Silva, 32 anos, o lugar está “lindo”. “Melhorou muito a beleza deste lugar, mudou da água para o vinho. A iluminação vai ajudar bastante na questão da segurança e voltou o ponto da Guarda Municipal. Isso vai refletir na melhoria da movimentação, porque mais pessoas vão trazer suas crianças e isso ajuda nas nossas vendas”, afirma Elma, que mora no Guamá e vende balão, bolha de sabão e outros produtos às crianças.

SERVIÇOS – Os serviços na praça, que data do século XIX, tombado pelo Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Cultural do Pará, envolveram recursos de mais de R$ 5 milhões à recuperação das calçadas de pedra de lioz, pintura dos coretos, recuperação dos brinquedos e da academia, revitalização do castelinho, implantação de iluminação com LED e revitalização dos lagos.

Além do Cordão de Pássaro Colibri, a programação contou com o Pássaro Tucano, do bairro do telégrafo, da folclorista Iracema Oliveira. E a apresentação da Banda da Guarda Municipal.

Texto: Cleide Magalhães/Ascom Seurb

Fotos: Marcelle Andrade e Cleide Magalhães/Ascom Seurb.

Compartilhe essa notícia:
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Leia também:

Redes Sociais